FEMEC 2020 – AGRONEGÓCIO EM SINTONIA COM CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Nos últimos 40 anos, o Brasil saiu da condição de importador de alimentos para se tornar um grande provedor para o mundo. Foram conquistados aumentos significativos na produção e na produtividade e hoje se produz mais em cada hectare de terra, aspecto importantíssimo para a preservação dos recursos naturais. Entre 1975 e 2017, a produção de grãos, que era de 38 milhões de toneladas, cresceu mais de seis vezes, atingindo 236 milhões, enquanto a área plantada apenas dobrou.

O que fez a diferença nestes últimos 50 anos foram os investimentos em pesquisa agrícola – que trouxe avanços nas ciências, tecnologias adequadas e inovações -, a assertividade de políticas públicas e a competência dos agricultores. É neste cenário que se enquadra o tema da Femec 2020 – AGRONEGÓCIO EM SINTONIA COM CIÊNCIA E TECNOLOGIA – evento realizado pelo Sindicato Rural de Uberlândia que já se consolidou como o momento ideal para o produtor rural realizar a melhor compra do ano de máquinas, equipamentos e implementos agrícolas, insumos, sementes, veículos e outros itens destinados à produção agropecuária.

A 9ª edição da Femec será realizada de 24 a 27 de março de 2020 no Parque de Exposições Camaru em Uberlândia (MG) com entrada e estacionamento gratuitos, tendo foco na comercialização de produtos e serviços, além da capacitação de produtores rurais, trabalhadores e técnicos do setor. A Femec oferece oportunidades para investimento na renovação de maquinário com preços e condições de financiamentos iguais às encontradas nas principais feiras do Brasil. A presença das principais instituições financeiras com operações sendo realizadas dentro do parque facilita a aprovação de crédito.

A feira promove ainda exposições de equinos e bovinos e a feira de touros PO e fêmeas do Programa Pró-Genética e Pró-Fêmeas, leilões de animais de elite, arena automotiva com lançamentos das principais montadoras do País. Os dados apresentados nesta página são da Embrapa.

Com programação renovada e internacional, IBR 2019 e Fórum MilkPoint Mercado surpreenderão o mercado

Por Raquel Maria Cury Pereira, AgriPoint.

 

Interleite Brasil: nos dias 07 e 08 de agosto, em Uberlândia/MG, temos um encontro marcado!

Há 25 anos crescendo junto com o setor leiteiro, o Interleite Brasil é o evento que reúne toda a cadeia produtiva para falar de mercado, gestão, inovação e futuro.  Neste ano, novamente em Uberlândia/MG, nosso compromisso é fazer um evento imperdível, daqueles que você não se arrepende jamais de ter participado!

Ao longo dos dias, são aproximadamente 1300 pessoas que passam pelo Center Convention em Uberlândia. Além do Interleite Brasil, esse número considera também o Fórum do MilkPoint e o jantar dos Top 100 (uma comemoração oferecida pelo MilkPoint aos 100 maiores produtores de leite do Brasil). Vale destacar que majoritariamente esse público é composto por produtores de leite. A importância do evento é refletida na homenagem que o CEO da AgriPoint, Marcelo Carvalho, recebeu da cidade, sendo condecorado como um dos Embaixadores de Uberlândia.

E são muitas novidades vindo por aí!

Neste ano, o Interleite Brasil contará com várias inovações. Uma delas é um painel de debate junto aos laticínios focado no relacionamento com o produtor e a coordenação da cadeia láctea. Segundo Marcelo, que também é idealizador do evento, estamos acompanhando um movimento de maior fidelização entre os laticínios e fornecedores, além de novos serviços e redução da assimetria de informações sobre o mercado.

“Serão apresentados casos de sucesso pois entendo que seja o momento ideal para trazermos essas discussões de maneira inédita para o setor, que inclusive, merece essa rica e importante troca. Por isso, teremos seis laticínios convidados participando deste painel”, explicou.

Internacionalização do Interleite Brasil

Algo totalmente novo e que também pretende movimentar o público e agregar no setor são os casos de sucesso oriundos de outros países. Haverá um palestrante da China, país que se assemelha ao Brasil em alguns tópicos como: busca de melhorias na qualidade do leite, custos acima do mercado internacional, potencialidade do consumo interno, dependência das importações de lácteos e, principalmente, um forte processo de profissionalização da atividade em curso, entre outros. A ideia é ver o que o ‘gigante chinês’ está fazendo, entender os seus projetos e as modificações no sistema de produção.

E não para por aí…

A argentina Adecoagro – que produz 300 mil litros de leite/dia – falará sobre a sua atual situação desafiadora devido às baixas margens e como estão lidando com o confinamento nessa conjuntura. Também, a Nova Zelândia estará representada pelo Prof. Hamish Gow, especialista da prestigiada Massey University, que abordará as principais mudanças pelas quais os sistemas de produção estão passando no país, que é o maior exportador de lácteos do mundo.

“Além disso, serão seis módulos temáticos com especialistas e grandes conhecedores da atividade, tanto na teoria quanto na prática. Além dos casos de sucesso mostrando a eficiência na prática, mostraremos novos projetos que estão se desenvolvendo no país”, complementou Marcelo.

Um deles é do produtor de leite Edson Tadano, que produz leite orgânico em São Carlos/SP e está investindo em um novo negócio no sistema convencional para 2 mil vacas em Casa Branca/SP. Temas como “Excelência na gestão” e “Como obter resultados mesmo não sendo um produtor familiar típico (como ocorre no Sul do país) e ao mesmo tempo, não tendo a escala dos grandes produtores”, também terão voz.

“Nessa linha de trazer exemplos de sucesso relacionados à expansão no leite, convidamos Diogo Vriesman, da Melkstad. Esta, é a fazenda que mais cresce no Brasil de acordo com o Top 100, pesquisa realizada pelo MilkPoint. Vamos entender o que eles vêm fazendo, o estágio atual da fazenda e o que podemos aprender com eles. O problema deste ano foi construído de forma totalmente alinhada ao que consideramos importante para o leite nas condições brasileiras, sendo ainda muito abrangente, abordando mercado, tendências, casos reais e tecnologia aplicada. É o maior encontro da cadeia leiteira do Brasil”, concluiu Carvalho.

Fórum MilkPoint Mercado, dia 06 de agosto

Vale lembrá-los que, antecedendo o Interleite Brasil 2019, ocorrerá no dia 06 de agosto a 8ª edição do Fórum do MilkPoint Mercado.

Este é o principal fórum de discussão de cenários de mercado da cadeia láctea brasileira, incluindo tendências de produção, consumo e perspectivas internacionais. Realizado desde 2002, a cada ano mais pessoas vão a Uberlândia para receber informações estratégicas, que moldam as decisões das empresas. O grosso do PIB lácteo brasileiro estará conosco nesta edição, que ocorre no dia 06 de agosto.

Neste ano, temos uma novidade: o evento discutirá ferramentas para gestão da volatilidade de custos e de preços, trazendo os casos da Argentina (que implementou há poucos meses mercados futuros para o leite), dos Estados Unidos (que operam seguros de margem para o produtor) e da Nova Zelândia (onde a Fonterra iniciou um programa que visa lidar com a volatilidade de preços).

Com a presença de especialistas destes países, teremos a oportunidade única de conhecer o que de mais moderno e promissor o mundo está fazendo para lidar com a insegurança de preços e custos. Uma programação totalmente alinhada ao que o Brasil precisa hoje.

“O principal diferencial do Fórum MilkPoint Mercado sempre foi o ‘olhar para o futuro’, em relação a cenários de mercado e, nesta edição, analisando ferramentas de gestão de risco na cadeia láctea”, analisa Valter Galan, sócio do MilkPoint Mercado e organizador do evento. “Trata-se da construção da agenda futura do leite brasileiro e de assumir o protagonismo nesta tarefa!”, completa.

Programe-se para aproveitar os primeiros lotes (com descontos até o dia 05/05) e participar destes eventos que trarão importantes discussões para a cadeia do leite. Nos vemos em Uberlândia/MG!

Para quaisquer informações ou dúvidas sobre o evento envie um e-mail para eventos@agripoint.com.br ou ligue para (19) 3432-2199.

Programação: http://interleite.com.br/?utm_source=news&utm_medium=email&utm_campaign=jun-19&utm_content=news-de-desconto-sindicato-rural
Inscrição: https://www.agripoint.com.br/vendas/pedComprando.aspx

Assistência veterinária gratuita beneficia associados do Sindicato Rural de Uberlândia

Associados do Sindicato Rural de Uberlândia que possuem rebanhos de até 40 cabeças de gado passam a contar com assistência veterinária e zootécnica gratuita oferecidas pela instituição. A medida que visa a melhoria da situação socioeconômica dos produtores rurais associados, foi possível graças a convênio firmado com as empresas Cerrado Pecuária e Zootrofes Nutrição e Saúde Animal.

Os veterinários parceiros do Sindicato Rural prestarão serviços na propriedade rural, entre eles estão as seguintes atividades:

  • Vacinação do rebanho
  • Orientação técnica sobre produção de volumosos para nutrição
  • Elaboração de calendário sanitário
  • Manejo preventivo de doenças
  • Orientações zootécnicas e para acasalamentos
  • Manejo higiênico de ordenha
  • Diagnostico de gestação (toque uma vez por ano) em propriedade com até 40 matrizes
  • Orientações sobre conforto e bem-estar animal
  • Escrituração zootécnica
  • Análise econômica financeira da atividade
  • Determinação dos pontos críticos e apresentação de soluções
  • Um exame andrológico por associado por ano

No caso da aplicação de vacinas, as doses deverão ser adquiridas previamente pelo associado. O público alvo do convênio são todos os produtores rurais associados ao Sindicato Rural de Uberlândia que estiverem em dia com a anuidade e possuírem no máximo 40 animais adultos. Associados terão direito a uma visita da equipe de veterinários por ano. Pecuaristas com rebanhos maiores do que 40 animais terão acesso ao serviço com desconto de 40% sobre a tabela de preços de serviços veterinários da região do Triângulo Mineiro.

As visitas poderão ser agendadas com no mínimo 20 dias de antecedência pessoalmente no setor de atendimento ao associado  ou pelo telefone (34) 3292 8809, estando a confirmação vinculada à disponibilidade de agenda. Os trabalhos das empresas conveniadas estarão disponíveis na sede da instituição de segunda à quarta-feira, das 8:00 às 17:30 horas. Os serviços serão prestados por um zootecnista e dois veterinários sob a coordenação dos profissionais Vitor Tadeu Santos Teixeira, Charlston Damis Rodrigues e Rodrigo Loureiro Alves.

O associado receberá a visita agendada e, ao final, terá um termo de descrição dos serviços, com assinatura do prestador e do produtor rural ou representante por ele indicado e ainda por pessoa determinada pelo Sindicato Rural de Uberlândia. Os deslocamentos até as propriedades rurais, bem como a alimentação dos profissionais deverão ser fornecidos pelo associado. Os atendimentos estarão disponíveis a partir de 1º de julho de 2019.

Leilão de bovinos com 3 mil animais para corte acontece neste domingo no Camaru

Mais de R$ 3,5 milhões devem ser gerados com a venda dos 114 lotes inscritos por criadores de marca única

O 18º Leilão Inconfidência acontece no próximo domingo, dia 14 de abril, no Tatersal Convencional de Leilões do Parque de Exposições Camaru. O evento será realizado pelo Sindicato Rural de Uberlândia para comercialização de aproximadamente 3 mil animais da raça nelore e cruzamento industrial. Os lotes estarão disponíveis para apreciação a partir das 15 horas. O acesso ao evento é gratuito e se dará pelo portão de carga e descarga do parque na Rua Saldanha Marinho.

Uma das características do Leilão Inconfidência é a participação exclusiva de criadores de marca única. Nesta edição, 40 pecuaristas apresentarão animais selecionados para cria, recria e engorda especialmente para o evento. A expectativa da comissão organizadora é receber 600 criadores para o leilão que deve movimentar mais de R$ 3,5 milhões. Ao longo de 17 anos o Leilão Inconfidência já colocou no mercado mais de 47 mil animais. As vendas serão conduzidas pelo leiloeiro Paulo Brasil.

 

Serviço:

18º Leilão Inconfidência

Data: 14 de abril de 2019

Horário: 15 horas apreciação dos lotes | 16 horas início do leilão

Local: Parque de Exposições Camaru – Av. Juracy Junqueira Resende, 100 – Bairro Pampulha, Uberlândia-Mg

Entrada franca

Femec 2019 será de 26 a 29 de março no parque Camaru em Uberlândia Mg

Feira que movimentou R$ 230 milhões em 2017 deve receber mais de 50 mil produtores rurais em sua 8ª edição; condições especiais para financiamentos atrairão compradores de vários estados brasileiros

 

O Sindicato Rural anuncia a realização da 8ª edição da Femec – Feira do Agronegócio Mineiro – que receberá mais de 100 expositores do segmento de máquinas, equipamentos, implementos e insumos agrícolas no parque de exposições Camaru em Uberlândia Mg, de 26 a 29 de março de 2019. O evento que virou referência na comercialização de maquinário agrícola em Minas Gerais movimentou R$ 232 milhões em 2017. Este ano, com a oferta de condições especiais já anunciadas pelo principal agente financiador deste mercado, a expectativa da organização é receber público superior a 50 mil produtores rurais em quatro dias. O parque estará aberto a partir das 8 horas, com entrada franca.

Os principais fabricantes e revendedores do País reúnem-se em Uberlândia no mês de março para apresentar inovações tecnológicas destinadas à produção agropecuária e lançamentos de suas marcas a preções especiais de feira durante a Femec. O evento tem por princípio buscar as melhores condições de compra para os visitantes. Neste sentido, organizadores estiveram reunidos recentemente com agentes do Banco do Brasil para acertar detalhes da participação da instituição na feira com incentivos diferenciados. Durante encontro com a superintendência de agronegócios do Banco, o superintendente Marco Túlio Moraes anunciou que mobilizará as gerências regionais para que o cliente chegue na Femec com seu limite de crédito pré-aprovado e possa realizar os investimentos desejados. “Este ano montaremos estrutura ainda melhor do Banco do Brasil na Femec para receber o produtor rural”, afirmou o superintendente.

Na avaliação do presidente do Sindicato Rural de Uberlândia, Gustavo Galassi, em 2019 a aproximação ainda maior do Banco do Brasil a Femec poderá gerar melhores oportunidadespara que o produtor faça investimentos em seu parque de máquinas. “Nossa parceria com o Banco do Brasil está sendo concretizada para que a Femec 2019 seja a maior edição de todos os tempos. O produtor rural pode se preparar pois em março ele poderá fazer sua melhor compra do ano”, disse.

 

Atividades do Agronegócio

A Femec reúne no mesmo ambiente, além de maquinário agrícola de ponta para comercialização, outros segmentos do agronegócio como genética de sementes, bovinos e equinos, indústria automobilística e amplo programa de palestras gratuitas. Entre as principais atrações do próximo ano estarão os Campos Demonstrativos de Sementes e Insumos, onde empresas exibirão em lavouras cultivadas no próprio parque, o que há de mais avançado em tecnologia industrial de sementes, além de insumos como fertilizantes e defensivos. No setor de animais, acontecerão a Feira de Touros e Fêmeas PO registrados do programa Pró Genética e Pró Fêmeas, dois leilões de elite e exposições especializadas de gado Nelore e equinos Mangalarga Marchador. Na Arena Automotiva, montadoras apresentarão lançamentos de veículos utilitários e de passeio das principais marcas.

Sindicato Rural receberá palestra sobre energia solar para produtores rurais

Modelo é apresentado como alternativa para redução de custos em propriedades rurais

A geração de energia fotovoltaica será tema de palestra na próxima terça-feira, dia 6 de novembro, às 19 horas, no auditório do Sindicato Rural de Uberlândia. O assunto será apresentado por Rui Ruas, diretor comercial da empresa Solbras, responsável pelo evento em parceria com a Coopercitrus. O evento acontecerá na Av. Juracy Junqueira Rezende, 100, bairro Pampulha, Parque de Exposições Camaru com entrada franca.

De acordo com informações da empresa, através de regulamentação da ANEEL, o produtor rural pode gerar sua própria energia solar e, com seu sistema fotovoltaico, também pode utilizar a rede elétrica quando necessitar mais do que produz. Ele ainda poderá ganhar créditos ao devolver a energia cedente à rede da concessionária.

III Encontro Nacional da Cultura do Milho

O “III Encontro Nacional da Cultura do Milho” acontecerá em Uberlândia nos dias 29 e 30 de novembro, e você, associado do Sindicato Rural de Uberlândia não pode ficar fora dessa! Em parceria do GELQ 2019 com o Sindicato Rural de Uberlândia, foi liberado um lote de inscrições com preço exclusivo! Não perca a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos sobre uma das culturas mais importantes para o Brasil!

As inscrições devem ser feitas clicando aqui.

Necessário apresentar comprovante de associado dentro do prazo de validade no dia do evento.

 

Serviço

Evento: “III Encontro Nacional da Cultura do Milho”

Data: 29 e 30 de novembro

Local: CDL Eventos

Realização GELQ/ESALQ

Valor especial* para associado do Sindicato Rural de Uberlândia

Inscrições no link https://docs.google.com/…/1T9B4A8o9OzyDKWgehf1AC5qgsB…/edit…

*Necessário apresentar Cartão do Associado dentro do prazo de validade no dia do evento.

Setor de leilões comerciais do Sindicato Rural passa por melhorias

Medidas visam aprimorar gestão no setor para oferecer conforto e eficiência nas operações; associados tem desconto de 20% na comissão de compra e venda dos leilões promovidos pela instituição

O departamento de leilões passou por transformações nos primeiros meses de gestão da nova diretoria do Sindicato Rural de Uberlândia. As modificações trouxeram mais eficiência nas operações e melhores serviços para clientes. Os leilões do Sindicato Rural são vistos como grande benefício para associados que tem desconto de 20%* em comissão de compra e venda.

Mudanças no manejo dos lotes passaram a proporcionar mais agilidade e redução de stress nos animais, além de oferecer mais segurança para os colaboradores. No setor de cozinha foi feita reforma geral com a troca de piso e colocação de revestimentos nas paredes. Uma nova parceria também foi firmada para fornecimento de serviço de bar propiciando melhorias no atendimento e mais variedades no cardápio.

Uma antiga queixa dos pecuaristas quanto a demora para emissão dos catálogos foi resolvida com mudança no processo de recepção dos animais. Além disso foi feita a troca dos equipamentos de informática por computadores e impressoras de última geração, além de implantação do novo programa, o que tornou o processo ágil, seguro e transparente possibilitando inclusive emissão de notas fiscais eletrônicas no ato do fechamento das vendas.

O antigo painel eletrônico do recito, que apresentava informações sobre os lotes, foi substituído por três modernos monitores de LED gerando maior visibilidade e conforto para compradores. Da mesma forma, o sistema de som do ambiente passou por melhorias. O Sindicato Rural criou ainda possibilidade de parcerias comerciais com possibilidade de exposição de marcas e realização de ações de marketing no ambiente. Os próximos passos serão melhorias no estacionamento, com a criação de locais privativos para idosos e pessoas com deficiência.

 

*O desconto na comissão de compra e venda para associados não incluem os leilões Inconfidência, Grandes Marcas e da Virada.

SINDICATO RURAL ENTREGA PACOTE DE REIVINDICAÇÕES DO SETOR A ROMEU ZEMA

Em reunião realizada na segunda-feira, dia 22/10, o Sindicato Rural de Uberlândia, representando todo o nosso setor, teve a oportunidade de debater e entregar ao candidato ao governo de Minas, Romeu Zema, um pacote com as reivindicações e necessidades mais urgentes do produtor rural em nossa região. Isso é trabalho pelo homem do campo, pensando no futuro e defendendo nossos associados.

O documento entregue ao candidato contempla as seguintes reivindicações:

PAUTA PRIORITÁRIA – SINDICATO RURAL DE UBERLÂNDIA

  • Revogar a lei 13604/2000 e Decreto Estadual 428 de 2018 (anexa), que cria dificuldades e embaraços para o cumprimento de ações de reintegração de posse de imóveis rurais;
  • Fazer cumprir de imediato as ordens de reintegração de posse expedidas pelo Poder Judiciário;
  • Desburocratização e simplificação dos processos de licenciamento ambiental;
  • Empenho na simplificação e redução da tributação estadual do agronegócio.
  • Trabalhar junto ao TJMG pela extinção da Vara de Conflitos Agrários em Belo Horizonte;
  • Atuar preventivamente por meio das Polícias Civis e Militares para evitar invasões de imóveis rurais;
  • Ampliar a criação e manutenção das Delegacias de Repressão a Crimes Rurais;
  • Tomar atitudes para suspender ou dissolver judicialmente movimentos ou entidades de invasão de imóveis rurais e/ou que empreguem a violência;
  • Finalizar a rodovia MGC 455 que liga os municípios Uberlândia e Campo Florido;
  • Concluir as obras do anel viário e seus trevos no entorno da cidade de Uberlândia.